Rua Pedro Jaccobucci, 400 . São Bernado do Campo - SP (011) 4330-6166 administracao@apmsbc.org.br

Hepatite A está ligada ao consumo de alimentos contaminados

A hepatite A é uma inflamação do fígado, causada pelo vírus VHA. Ele é transmitido por via oral-fecal, ou seja, pelo consumo de alimentos ou água contaminados, com fezes que contêm o vírus.


A hepatite A pode apresentar ou não sintomas. Durante o período de incubação do vírus, que dura em média de duas a seis semanas, não há manifestação de sintomas. Algumas pessoas podem apresentar febre, dores musculares, cansaço, mal-estar, falta de apetite, náuseas, vômito e icterícia (amarelão nas mucosas do chão). Outros possíveis sinais são fezes amarelo-esbranquiçadas e urina escurecida.

Evolução da doença

Apesar de ser uma doença que se resolve de forma espontânea (o vírus é eliminado pelo organismo em algums meses), a hepatite A é considerada pelos especialistas uma condição potencilamente grave. Alguns casos podem se complicar, comprometendo de forma irreversível o fígado do paciente em poucas semanas.

Perigo

Como os sintomas são muito parecidos com qualquer outra infecção, são confundidos com os de uma virose comum. Sem perceber que está com hepatite A, o paciente mantém sua rotina de vida normal, podendo transmitir o vírus.

A melhor saída é a prevenção

  • Evite comer alimentos crus ou mal cozidos, como frutos do mar
  • Não consuma alimentos e bebidas dos quais a procedência e a forma de preparo são desconhecidas
  • Procure beber só água tratada (clorada ou fervida)
  • Lave as mãos cuidadosamente antes das refeições e depois de usar o banheiro

Fonte: CarePlus Blog

 

Voltar