Rua Pedro Jaccobucci, 400 . São Bernado do Campo - SP (011) 4330-6166 administracao@apmsbc.org.br

Período de Carnaval e vacinação contra febre amarela ligam o alerta para a doação de sangue

Os estoques do Hemocentro nas 32 cidades da região de Campinas (SP) estão em alerta por um problema comum nesta época do ano, mas que ganhou um agravante: o baixo estoque no período do Carnaval agora em meio à vacinação em massa contra a febre amarela.

Segunda, 29 de janeiro de 2018


Os estoques do Hemocentro nas 32 cidadesda região de Campinas (SP) estão em alerta por um problema comum nesta época do ano, mas que ganhou um agravante: o baixo estoque no período do Carnaval agora em meio à vacinação em massa contra a febre amarela.

Quem recebe a dose da vacina contra a febre amarela não pode doar sangue por 30 dias. O aumento da procura pela vacina ligou o alerta para uma redução de até 30% do estoque. “A vacina contra a febre amarela é feita a partir do vírus atenuado, para quem tem imunidade normal. Mas a gente não sabe quem vai receber o sangue e pode causar febre amarela se for utilizar o sangue de uma pessoa que foi vacinada e tem o vírus circulante”, explicou Vágner de Castro, diretor do serviço de coleta do Hemocentro.

A dica para quem costuma doar sangue regularmente ou está pensando em fazer a primeira doação, é antecipar ao período de festas. “É para garantir o estoque e não aumentar o risco de a população ficar sem sangue”, disse Castro. Outra recomendação é para as pessoas que costumam fazer trilhas e passeios para áreas de matas densas. “Quem optar por trilhas e caminhadas nestes locais, pedimos para que não doe se não tiver sido vacinado. A fim de aumentar a segurança para quem vai receber o sangue”, finalizou Castro.

Por: G1/APM

 

Voltar