Rua Pedro Jaccobucci, 400 . São Bernado do Campo - SP (011) 4330-6166 administracao@apmsbc.org.br

Novo prédio da APM: obras estão em fase final

As obras do novo edifício da Associação Paulista de Medicina (APM) estão cada vez mais próximas de seu fim. No último dia 19 de janeiro, a TRS Engenharia apresentou aos diretores da entidade - que também visitaram a construção - o relatório atualizado sobre o andamento do projeto: ao todo, 91,45% da estrutura está pronta. Desde dezembro, a ênfase foi dada à parte de lazer, que ficará na cobertura e terá piscina, academia e salão de festas.

Quarta, 31 de janeiro de 2018


Foto: Acervo APM

As obras do novo edifício da Associação Paulista de Medicina (APM) estão cada vez mais próximas de seu fim. No último dia 19 de janeiro, a TRS Engenharia apresentou aos diretores da entidade - que também visitaram a construção - o relatório atualizado sobre o andamento do projeto: ao todo, 91,45% da estrutura está pronta. Desde dezembro, a ênfase foi dada à parte de lazer, que ficará na cobertura e terá piscina, academia e salão de festas.

As áreas comuns (92,86% concluídas) serão priorizadas agora, com a desmontagem dos tapumes e instalações provisórias, além de finalização dos acessos de pedestres e veículos. O setor das garagens, do 2º ao 8º pavimento, está praticamente concluído, restando apenas as revisões de pintura e a sinalização de emergência. A área residencial, do 9º ao 20º andar, está 87,64% feita. Estão sendo instaladas as tomadas, interruptores, luminárias e ar condicionado, além de algumas portas de madeira.

No pavimento de lazer, no 21º andar, faltam inserir as portas do salão de festas e da academia, além de realizar o tratamento acústico do piso destes espaços. Serão colocados, ainda, os móveis e equipamentos nos locais.

Quanto ao andamento financeiro, com o último aporte financeiro de dezembro (R$ 1,3 milhão), a obra totalizou um investimento até agora de R$ 28,05 milhões. Realizando o comparativo com a previsão, foi aportado um valor correspondente a 86,46% da obra, enquanto foi efetivamente executado 91,45%.

E quanto aos índices financeiros, o contrato inicial, de setembro de 2015, previa um investimento de R$ 29.931.175,05. Esse valor, ajustado para dezembro de 2017, representa R$ 33.356.516,19. A variação do INCC no período foi de 11,44%. Enquanto isso, o índice do IPCA foi de 12,30%.

Por: APM

 

Voltar