Rua Pedro Jaccobucci, 400 . São Bernado do Campo - SP (011) 4330-6166 administracao@apmsbc.org.br

Alimentos ultraprocessados aumentam a chance de câncer

Um estudo feito com mais de 100 mil pessoas comprovou: alimentos superprocessados aumentam a chance de formação de um tumor. O médico coordenador do núcleo de pesquisas epidemiológicas em nutrição da USP Carlos Monteiro e o oncologista Sergio Simon explicaram tudo no Bem Estar desta segunda-feira (12).

Terça, 13 de março de 2018


Um estudo feito com mais de 100 mil pessoas comprovou: alimentos superprocessados aumentam a chance de formação de um tumor. O médico coordenador do núcleo de pesquisas epidemiológicas em nutrição da USP Carlos Monteiro e o oncologista Sergio Simon explicaram tudo no Bem Estar desta segunda-feira (12).

O estudo avaliou os hábitos das pessoas entre 2009 e 2017 e verificou ao longo desse período que o aumento de 10% do consumo de alimentos ultraprocessados gerou um incremento de mais de 10% nos casos de câncer, especialmente o de mama.

Não precisamos cortar os embutidos, mas comer com muita moderação.

Os ultraprocessados, para garantir sabor na prateleira, têm de empregar muitos aditivos como corantes, espessantes, e abrir mão ou reduzir muito os ingredientes nobres, que são comida de verdade, e de seus nutrientes.

Infelizmente não existe um alimento que, sozinho, nos proteja do câncer. O que se deve fazer é ter muitas hortaliças no prato em todas as refeições, mantê-lo bem colorido, além de preferir os grãos e farinhas integrais.

Por: G1/APM

 

Voltar