Rua Pedro Jaccobucci, 400 . São Bernado do Campo - SP (011) 4330-6166 administracao@apmsbc.org.br

Turma 2018 de bolsistas residentes apresenta resultados parciais de projetos

Os médicos residentes contemplados em 2018 pelo Programa de Bolsas em Ética e Bioética trouxeram os resultados parciais de seus projetos de pesquisa ao Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) nos dia 3 e 4 de dezembro. Além dos bolsistas, estiveram presentes à plenária da Casa alguns orientadores e o convidado Max Grinberg, professor de Bioética.

Terça, 11 de dezembro de 2018


Os médicos residentes contemplados em 2018 pelo Programa de Bolsas em Ética e Bioética trouxeram os resultados parciais de seus projetos de pesquisa ao Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) nos dia 3 e 4 de dezembro. Além dos bolsistas, estiveram presentes à plenária da Casa alguns orientadores e o convidado Max Grinberg, professor de Bioética.

Entre as apresentações, o atendimento à criança esteve no foco de vários trabalhos, que abordaram condutas de fim de vida em UTI a pacientes pediátricos; melhoria dos cuidados paliativos ao mesmo público; manejo ético de suspeita de fraturas por maus tratos; dilemas na revelação do diagnóstico pelo HIV na infância e adolescência; e conhecimento do pediatra na indicação de vacina contra o HPV.

Temas atuais
Em meio aos trabalhos, também há referências a outros temas atuais, como o atendimento a transexuais nos serviços de saúde; estratégias éticas na aplicação de anticoagulantes; inserção de novas tecnologias no cuidado integral à saúde; estigma relativo a doenças mentais entre os estudantes de Medicina; comunicação de más noticias pelos residentes; e o assédio moral na formação médica.

Histórico
Desde março de 2016, médicos residentes das universidades paulistas têm a oportunidade de aprofundar seus estudos em Ética e Bioética, por conta de bolsas de pesquisa na área, oferecidas pelo Cremesp.

Instituídas por meio da Resolução Cremesp Nº 284/2016 (alterada pela Resolução Cremesp Nº 322, de 16-10-2018), as bolsas de pesquisa têm a duração de 12 meses. Elas são concedidas, por meio de processo seletivo, a médicos que cursam residência médica em instituição situada no Estado de São Paulo, e que contarem com programa credenciado na Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

Os projetos são avaliados de acordo com critérios como: originalidade, integração e definição dos objetivos; relevância da pesquisa para o desenvolvimento da ciência na área de ética médica e bioética; e viabilidade de execução, entre outros.

Inscrições para 2019

As inscrições para o processo seletivo do Programa de Bolsas para Residentes estarão abertas de 2 de janeiro a 15 de abril de 2019.

Por: Cremesp

 

Voltar