Rua Pedro Jaccobucci, 400 . São Bernardo do Campo - SP (011) 4330-6166 (011) 96301-1337 administracao@apmsbc.org.br

Academia de Medicina de São Paulo celebra 124 anos com posse da nova diretoria

Na última quinta-feira, 7 de março, a Academia de Medicina de São Paulo celebrou 124 anos de sua fundação com sessão de posse da nova diretoria, para o biênio de março de 2019 a março de 2021.

Segunda, 11 de março de 2019


Foto: BBustos Fotografia

Na última quinta-feira, 7 de março, a Academia de Medicina de São Paulo celebrou 124 anos de sua fundação com sessão de posse da nova diretoria, para o biênio de março de 2019 a março de 2021. “Prometemos cumprir o estatuto, em seu regimento interno, e as resoluções desta Academia, trabalhar por seu engrandecimento e prestígio e sermos fiéis no desempenho das incumbências de nossos cargos”, ressaltou o novo presidente, o acadêmico José Luiz Gomes do Amaral, em seu juramento.

Linamara Rizzo Battistella assume a vice-presidência, Paulo Manuel Pêgo Fernandes e Sérgio Bortolai Libonati ocupam a secretaria geral e adjunta, respectivamente. Marilene Rezende Melo e Walter Manna Albertoni são os novos tesoureiros, Guido Arturo Palomba atua como diretor Cultural e Helio Begliomini como diretor de Comunicação. A Comissão de Patrimônio está a cargo de Arary da Cruz Tiriba, Carlos Alberto Salvatore e Luiz Fernando Pinheiro Franco. Já no Conselho Científico, atuam Affonso Renato Meira, Edmund Chada Baracat e Giovanni Guido Cerri.

Em seu discurso de posse, Amaral prestou homenagem a todos os antecessores que coordenaram a Academia. “Noventa e nove gestões nos precederam e reverenciamos cada uma delas hoje ao receber este legado, fruto de um trabalho dedicado de notáveis na profissão. A exiguidade do tempo não nos permite citar tantos e tão bons que dirigiram esta casa, mas não deixarei de assinalar o nosso 83º presidente, Guido Arturo Palomba; o 84º, Luiz Fernando Pinheiro Franco; e o 86º presidente, Affonso Renato Meira.”

O acadêmico substitui o 87º presidente, José Roberto de Souza Baratella, a quem dirigiu um especial agradecimento: “Na Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro, percorreu brilhante trajetória de assistente a titular – igualmente destacada tem sido sua obra na Academia de Medicina de São Paulo, nos mandatos de 2015 e 2016 e neste que agora comemoramos, de 2017 e 2018. Hoje, Baratella ainda empresta sua marca à presidência da Federação Brasileira das Academias de Medicina”.

O ex-presidente da Academia de Medicina, por sua vez, retribuiu os votos: “Desejamos em nome da Academia de Medicina de São Paulo e da Federação Brasileira das Academias de Medicina parabenizar José Luiz Gomes do Amaral e seus companheiros de diretoria por esta posse e desejar uma profícua gestão”, declarou Baratella.

Silvano Mario Attilio Raia, representante da Academia Nacional de Medicina, também compôs a mesa solene e fez breve análise histórica e cultural dos avanços da Medicina - ao longo dos séculos 18, 19, 20 e 21 - e destacou a importância de a Academia incentivar a formação continuada dos médicos. “Cabe a nós médicos zelarmos por essa integridade. E os jovens que serão formados enfrentarão desafios muito maiores do que os nossos. Nada melhor do que esta casa para cooperar com uma boa qualificação.”

Por: APM

 

Voltar